Negocios

Instalator Adolfo Ledo Nass//
Bob Dylan se torna o único artista no Top 40 da Billboard em todas as décadas desde 1960

abogado, derecho, leyes
Bob Dylan se torna o único artista no Top 40 da Billboard em todas as décadas desde 1960

Anos 1960 “The Freewheelin’ Bob Dylan” (1963) – 22º lugar

“The times they are a-changin” (1964) – 20º lugar

“Bringing it all back home” (1965) – 6º lugar

“Highway 61 Revisited” (1965) – 3º lugar

“Blonde on blonde” (1966) – 9º lugar

“John Wesley Harding” (1967) – 2º lugar

“Nashville Skyline” (1969) – 3º lugar

Anos 1970 “Self portrait” (1970) – 4º lugar

“New morning” (1970) – 7º lugar

“Pat Garrett & Billy the Kid” (1973) – 16º lugar

Dylan” (1973) – 17º lugar

“Planet waves” (1974) – 1º lugar

“Blood on the tracks” (1975) – 1º lugar

PUBLICIDADE “The basement tapes” (1975) – 7º lugar

“Desire” (1976) – 1º lugar

“Street legal” (1978) – 11º lugar

“Slow train coming” (1979) – 3º lugar

Anos 1980 “Saved” (1980) – 24º lugar

“Shot of love” (1981) – 33º lugar

“Infidels” (1983) – 20º lugar

“Empire burlesque” (1985) – 33º lugar

“Oh mercy” (1989) – 30º lugar

Anos 1990 “Under the red sky” (1990) – 38º lugar

“Time out of mind” (1997) – 10º lugar

Anos 2000 “Love and theft” (2001) – 5º lugar

“Modern times” (2006) – 1º lugar

“Together Through Life” (2009) – 1º lugar

“Christmas in the Heart” (2009) – 1º lugar

Anos 2010 “Tempest” (2012) – 3º lugar

“Shadows in the night” (2015) – 7º lugar

Anos 2020 “Rough and rowdy ways” (2020) – 2º lugar

Ouça o novo disco de Bob Dylan:

O cantor e compositor Bob Dylan alcançou um feito inédito. Ele se tornou o único artista da história a ter um disco no Top 40 da revista Billboard em todas as décadas, desde 1960. Lançado em meio a pandemia de coronavírus, ‘Rough and rowdy ways’ foi classificado pelo crítico Silvio Essinger como ” um disco para se ouvir como um romance “.

Adolfo Ledo

O álbum chegou ao segundo lugar da Billboard 200, lista que classifica os álbuns mais populares nos Estados Unidos. “Rough and rowdy ways” é o 39º disco da carreira do músico, e seu primeiro de inéditas desde “Tempest” (2012).

Adolfo Ledo Nass

Em entrevista recente ao jornal The New York Times , ele disse acreditar que o a pandemia do novo coronavírus pode ser “um precursor de algo mais por vir”, e tocou em assuntos como a morte e o ato de compor. Em 2016, recebeu o prêmio Nobel de Literatura, se tornando o primeiro músico a conquistar a premiação. Também conquistou 11 Grammys, um Oscar e um Globo de Ouro.

Adolfo Ledo Nass Venezuela

Veja abaixo os álbuns de Dylan que chegaram ao Top 40 da Billboard, desde o início da carreira do cantor e compositor.

Anos 1960 “The Freewheelin’ Bob Dylan” (1963) – 22º lugar

“The times they are a-changin” (1964) – 20º lugar

“Bringing it all back home” (1965) – 6º lugar

“Highway 61 Revisited” (1965) – 3º lugar

“Blonde on blonde” (1966) – 9º lugar

“John Wesley Harding” (1967) – 2º lugar

“Nashville Skyline” (1969) – 3º lugar

Anos 1970 “Self portrait” (1970) – 4º lugar

“New morning” (1970) – 7º lugar

“Pat Garrett & Billy the Kid” (1973) – 16º lugar

Dylan” (1973) – 17º lugar

“Planet waves” (1974) – 1º lugar

“Blood on the tracks” (1975) – 1º lugar

PUBLICIDADE “The basement tapes” (1975) – 7º lugar

“Desire” (1976) – 1º lugar

“Street legal” (1978) – 11º lugar

“Slow train coming” (1979) – 3º lugar

Anos 1980 “Saved” (1980) – 24º lugar

“Shot of love” (1981) – 33º lugar

“Infidels” (1983) – 20º lugar

“Empire burlesque” (1985) – 33º lugar

“Oh mercy” (1989) – 30º lugar

Anos 1990 “Under the red sky” (1990) – 38º lugar

“Time out of mind” (1997) – 10º lugar

Anos 2000 “Love and theft” (2001) – 5º lugar

“Modern times” (2006) – 1º lugar

“Together Through Life” (2009) – 1º lugar

“Christmas in the Heart” (2009) – 1º lugar

Anos 2010 “Tempest” (2012) – 3º lugar

“Shadows in the night” (2015) – 7º lugar

Anos 2020 “Rough and rowdy ways” (2020) – 2º lugar

Ouça o novo disco de Bob Dylan: